segunda-feira, 28 de novembro de 2011

ITAPAJÉ ELEIÇÕES 2012: ENTREVISTA COM O ENGENHEIRO CIVIL EUDES JÚNIOR

O senhor faz parte da Comissão Executiva Municipal do PHS em Itapajé, sendo, inclusive, vice-presidente de formação política. Com essa participação na política local permite levar o eleitor a pensar que o senhor será candidato a prefeito?

RESPOSTA: O PHS, por meio da sua Comissão Executiva Estadual, decidiu que nos municípios com mais de 35 mil eleitores o Partido terá candidato próprio a Prefeito, como é o caso de Itapajé. O Partido tem um Projeto para o município, discutido com os filiados e representantes de todos os segmentos sociais e no momento coloquei o meu nome a disposição para apresentar um modelo novo de administração.

Como estão os nomes do PHS para 2012? O Partido fará coligação proporcional?

RESPOSTA: Nós estamos conversando com todos os nossos pré-candidatos, filiamos bons nomes e esperamos ter uma eleição para vereador diferenciada em 2012. Se faremos ou não uma coligação proporcional com outro Partido está sendo discutida com todos os pré-candidatos.

Quais as metas e objetivos do PHS para 2012? O Partido visualiza a eleição de algum de seus candidatos?

RESPOSTA: A nossa meta, bem pé no chão, é eleger pelo menos 01 vereador e estamos sonhando juntos com o PHS vencendo a eleição no dia 07 de outubro.

O Senhor afirma que o adversário mais difícil para o PHS é o poder econômico que certamente vai estar do outro lado, porque não vão querer perder o poder que detêm e vão fazer de tudo para ganhar a eleição de qualquer jeito, mas vamos mostrar que o dinheiro não é tudo e isto ficou demonstrado na eleição de 2004 na Irauçuba. O que o Senhor quis dizer com isso? O PHS não vai precisar de dinheiro para concorrer as eleições? Quem vai financiá-lo em Itapajé?

RESPOSTA: Todo Partido e todo candidato precisa de dinheiro para vencer uma eleição, mas só o dinheiro não basta. Muitos candidatos gastaram, oficialmente, milhões de reais no ano passado e não foram eleitos. Vamos aceitar doações, rigorosamente nos termos da legislação eleitoral, mas não vamos nos comprometer com nenhum grupo econômico e também não vamos usar o “toma lá, dá cá”, tão comum em todas as eleições. O Partido – Comissão Executiva Estadual – vai coordenar a eleição em Itapajé e vai nos ajudar e nós vamos também captar recursos de pessoas físicas, por meio da Internet e outros meios, como está previsto na legislação.

O Senhor diz que o PHS conhece uma “estratégia eleitoral” e não vai ensinar para ninguém, para não ser devorado pelas feras que estão do outro lado! Pergunta-se, como o PHS pretende mostrar para a população essa “estratégia eleitoral” em tão pouco tempo antes das eleições se o Senhor afirma que o dinheiro não vai contaminar o Partido?

RESPOSTA: Nós não vamos falar agora como vamos fazer o que estamos propondo, mas a partir de janeiro do próximo ano começaremos a detalhar as nossas propostas para que a população e os eleitores entendam bem o que nós queremos com o nosso projeto. O PHS vai fazer uma campanha profissional, com um bom discurso, propostas factíveis e vamos conversar com o povo nas ruas, compensando a nossa falta de dinheiro, porque sola de sapato e saliva não custam dinheiro.

O senhor já tem planos pessoais para 2012?

RESPOSTA: Em 2012 eu vou participar, ativamente, do processo eleitoral, ajudando o PHS a divulgar o seu projeto para Itapajé. A democracia pressupõe a alternância de poder e vamos lutar por isto, para que haja uma oxigenação no Governo Municipal e para que um modelo novo de governo possa ser implementado, solucionando os problemas crônicos da cidade, com total respeito aos princípios constitucionais da Administração Pública: Legalidade, impessoalidade, publicidade, moralidade e eficiência.

Queira deixar uma mensagem para o leitor que nos acompanha quase que diariamente nas páginas de nosso Blog de Notícias.

RESPOSTA: Quero deixar uma mensagem que se Deus quiser construiremos juntos um futuro melhor para Itapajé e conclamar a população para analisar o discurso, as propostas e a história de vida de cada candidato, escolhendo quem tem verdadeira capacidade e conhecimento de administração e mais competência para resolver os problemas crônicos da saúde, da educação, da geração de emprego e que possa lhe garantir melhor qualidade de vida.

Um comentário:

  1. é isso aí Dr. Eudes Júnior. Itapajé precisa de renovação.
    Cid

    ResponderExcluir